Valongo

 Serra da Santa Justa tem vindo nos últimos anos a atrair praticantes de várias modalidades do desporto aventura, como a BTT, o Trail Running, Espeleologia, Orientação e Parapente.
O centro de BTT de Valongo tem características ímpares devido à geografia do território. O centro tem como porta de entrada principal o pavilhão municipal nº2 de Campo e uma porta complementar de entrada junto ao Indoor Soccer de Sobrado. Desta forma os percursos desenvolvem-se na sua maioria nas Serras de Santa Justa, Serra de Pias, no Alto Saldanha e ainda na zona do Sobrado.
- Os pontos de Interesse turístico e desportivo
Como ponto de partida para o desenvolvimento deste centro de BTT, foi tida em consideração a malha de pontos de interesse turístico municipais e o seu cruzamento com o historial de prática de BTT existente no concelho. Como referido anteriormente
Sendo esta uma região onde e para além da já referida prática regular, existe um histórico de eventos e iniciativas desportivas com grande afluência, foi considerado que e em complemento à perspetiva turística e de atractividade, inerente a qualquer centro de BTT, este devia ser desenvolvido por forma a poder vir a servir de apoio aos referidos eventos e iniciativas.
Ter o concelho de Valongo como destino é fácil.Se chegar ao aeroporto Francisco Sá Carneiro ou ao Porto de Leixões (Matosinhos) pode, nestes locais, entrar no Metro e dirigir-se ao Porto. Depois, no centro desta cidade, é só apanhar um transporte público que o traga ao concelho de Valongo. Há carreiras rodoviárias para todas as localidades do concelho. Existem, igualmente, transportes regulares entre Matosinhos e o município de Valongo. De comboio, na linha do Minho, pode sair na estação de Ermesinde, e, na linha do Douro, desembarcar em Valongo. Pode sair também nos apeadeiros da Palmilheira e Travagem, em Ermesinde, Cabeda em Alfena, Susão em Valongo e S. Martinho em Campo. Tomar um táxi ou alugar um automóvel também pode ser uma alternativa. Se vem em veículo próprio pelo litoral, aceda através da A3, A4, ou A41. Se vem do interior aceda através da A4, A41 e A42. Chegado/a a Valongo instale-se numa das nossas unidades hoteleiras. Valongo e as suas gentes agradecem a sua visita!
  • Restaurante
  • Café
  • Guias de Passeios BTT
  • Outras Actividades
  • Percursos Pedestres
  • Balneários c/Banhos Gratuitos
  • WC
  • Lavagem de Bicicletas Paga
  • Oficina Self-Service
138 Km trilhos sinalizados
4 Níveis de dificuldade
6 Percursos

Percursos

P1 - P1
+
Este percurso dirige-se a praticantes em iniciação, sem experiência e com pouca resistência física. O tipo de percurso para este tipo de utilizador tem que ser rolante, de piso rijo ou asfalto e sem obstáculos, como tal o percurso verde desenvolve-se na margem direita do Rio Ferreira, passando pela aldeia de Couce. Junto da ponte do rio Ferreira em Couce continua na margem direita do Rio até chegar à pedra (Marco) que menciona a zona do Parque Paleológico. O percurso regressa ao ponto de partida utilizando maioritariamente o mesmo caminho, que oferece condições de segurança para transitar nos sentidos.
Distância: 10,8
Tempo: 1h - 1h30
Desnível Acumulado: 200
P2 - P02
+
Percurso dirigido a praticantes com pouca experiência, pouco técnico e resistência física normal em que o piso tem que ser firme ou estável. Este percurso segue junto com o percurso verde, seguindo na margem direita do Rio Ferreira até contornar a Serra de Santa Justa pelo lado sul. Segue depois para Norte em estradas e trilhos que vão na sua maioria à cota até voltar a descer até ao centro urbano de Valongo, chegando desta forma ao ponto de início / fim.
Distância: 14,4
Tempo: 1h30 a 2h00
Desnível Acumulado: 420
P3 - P03
+
Percurso direcionado para praticantes com experiência, com boa capacidade técnica e boa resistência física, onde o piso é muito variável e existem muitas passagens técnicas. O percurso vermelho sai do centro de BTT em conjunto com o verde e azul A, percorre trilhos ao lado do rio Ferreira para depois contornara a serra de Santa Justa pelo lado Sul e começar a subir até ao marco geodésico a 369 m de altitude. Daqui começa a descer passando por: capela de Santa Justa, antigo sanatório e capela Srª do Chão. De seguida atravessa Valongo para Norte, passa na capela de São Bartolomeu, subindo depois ao marco geodésico de Quintarei.
Volta a descer até se encontrar com o percurso azul B e percorrer todo esse vale. Separa-se deste a sul do Sobrado para subir ao alto do Borbulhão e descer depois para Valongo. Atravessa o centro o urbano até chegar ao ponto de início / fim.jizaiaslmrplpynr
Distância: 30,7
Tempo: 2h30 a 3h30
Desnível Acumulado: 904
P4 - P04
+
Percurso dirigido a praticantes com pouca experiência, pouco técnico e resistência física normal em que o piso tem que ser firme ou estável. Este percurso tem inicio na segunda porta de entrada do centro de BTT de Valongo no Sobrado, junto do pavilhão de Indoor Soccer . Percorre a zona Noroeste do Sobrado por entre zonas de cultivo e desenvolve-se na sua grande maioria por entre zonas florestais. Segue na sua maioria por caminhos de terra batida que se mantêm quase sempre à cota, descendo ligeiramente no extremo norte para voltar depois subir. Regressa ao Sobrado vindo de Oeste entrando na zona urbana por Sul, voltando desta forma ao local de início.
Distância: 12,5
Tempo: 1h30 a 2h00
Desnível Acumulado: 335
P5 - P05
+
Percurso direcionado para praticantes com experiência, com boa capacidade técnica e boa resistência física, onde o piso é muito variável e existem muitas passagens técnicas. Este percurso tem início no Sobrado e segue juntamente com o percurso azul. Na zona mais a nordeste do percurso azul, o percurso vermelho separa-se e sobe até ao marco geodésico de Quintarei. Seguindo pelo alto do Saldanha, com vista sobre
Valongo, vai até ao alto do Borbulhão e daqui desce para Valongo. Passando no centro urbano e perto da porta de entrada do centro. Daqui segue por caminhos e trilhos junto do Rio Ferreira, vai atravessar a Ponte sobre o rio Ferreira em Couce e subir à serra de Pias. Deste ponto desce e segue em direção ao Sobrado, passando ainda junto da Igreja São Martinho do Campo e na ponte Romana sobre o Rio Ferreira para depois seguir em direção à quinta das Arcas. Invertendo para norte o percurso passa ainda na Igreja matriz do Sobrado antes de chegar ao ponto e inicio em conjunto com o percurso azul.
Distância: 35,60
Tempo: 3h00 a 5h00
Desnível Acumulado: 1070
P6 - P06
+
Percurso aconselhado para praticantes com bastante experiência e elevada resistência física, percurso muito técnico e com todo o tipo de trilhos. O percurso preto sai do centro de BTT para Oeste, passando sobre o rio Ferreira onde pode ver o aqueduto de Arcos. Passa por trás da pedreira onde são produzida as Lousas de Valongo, para subir um pouco à serra de Pias e descer em direção ao Sobrado. Passando pela Igreja de São
Martinho do Campo e na ponte Romana sobre o Rio Ferreira, segue em direção à quinta das Arcas. Virando para Norte vai cruzar a A41 e a A42, entrando em zonas florestais. Volta a cruzar a A42 para depois se juntar com os percursos vermelho B e azul B. Sobe ao alto de Quintarei, percorre o Alto do Saldanha e no alto do Borbulhão desce para a zona urbana de Valongo. Passando junto do centro de BTT e juntando-se com os percursos verde, azul A e vermelho A, inicia agora o loop pela serra de Santa Justa. Aqui passa pelo marco geodésico (369 m), a capela de Santa Justa, para depois descer até ao centro urbano de Valongo, chegando desta forma ao centro de BTT.
Distância: 49
Tempo: 3h30 a 5h30
Desnível Acumulado: 1405